Viramundo

ViramundoFernando Sabino

Virado mundo geral
Geraldo Viramundo

botou cigarro na boca de sapo para ele fumar até rebentar,
se escondeu na cesta de roupa suja
para ver a irmã mais velha tomar banho,
quis pegar a mais nova e depois teve remorso,
perdeu a virgindade numa cabrita

fugiu de casa e apanhou e por isso tornou a fugir
e por isso tornou a apanhar

contou quantas vezes fez coisa feia
pra se lembrar na confissão,
procurou não mastigar a hóstia para que não saísse sangue,
foi à missa aos domingos
foi coroinha na igreja,
comeu manga com leite e adoeceu

Virado mundo geral
Geraldo Viramundo

amarrou lata vazia em rabo de gato,
fez galinha dançar em cima da lata quente,
contou com o ovo no rabo da galinha,
enfiou o dedo dentro dela
enterrou ovo choco e fez fogo em cima
para ver se nascia pinto

fugiu de casa e apanhou
e por isso tornou a fugir
e por isso tornou a apanhar

furtou garrafa de guaraná e depois mijou dentro
ficou preso pela piroca no gargalo
ficou com pedra na maminha e perguntou à mãe o que era
sentiu dores nos culhões,
comeu a negra Adelaide e virou homem

Virado mundo geral
Geraldo Viramundo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *