Se eu tivesse a voz

Se eu tivesse a voz Bequadros

se eu tivesse a voz
para cantar mais do que dizer
o que por dentro grito
cantaria pelas ruas à noite
com um chapéu no chão
com a veia estufada
a cara corada beirando a rouquidão

se eu tivesse o poder da voz
eu cantaria pelos telhados
para abafar todo sinal que transite
e acordar qualquer sonho deitado
espiralando o senso de direito

se eu tivesse ao meu alcance a voz
estaria sempre on the road
usaria tons mais intensos
sons mais imensos
usaria poucos e bons silêncios.

se eu não tivesse só o desejo da voz
você seria vós
Atados seriamos  nós

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *